Geek

Hellboy desaponta na bilheteria americana e A Maldição da Chorona lidera

Em sua segunda semana de exibições nos Estados Unidos, a nova versão de Hellboy despencou nas bilheterias e arrecadou apenas US$ 3,88 milhões — ficando em décimo lugar entre as maiores bilheterias. Quando comparado com os dois filmes anteriores do personagem, a versão comandada por Neil Marshall também fica atrás: os dois filmes do demônio dirigidos por Guillermo del Toro conseguiram mais de US$ 10 milhões no segundo fim de semana de exibições.

Com esse resultado, a nova adaptação dos quadrinhos de Mike Mignola fica em uma situação perigosa. O longa custou US$ 50 milhões para ser produzido (sem os custos de marketing incluídos) e só arrecadou US$ 19,6 milhões em duas semanas em cartaz. Ainda faltam muitos mercados do eixo internacional para a produção estrear (o Brasil, por exemplo), mas ainda sim é difícil que o filme dê grandes lucros a Lionsgate.

Já na primeira colocação desta semana de páscoa ficou o filme de terror A Maldição da Choronaque é uma releitura da lenda mexicana na qual uma aparição fica presa entre o céu e o inferno depois de ter afogado os próprios filhos e ter se jogado no rio em seguida enquanto chorava.

Apesar da recepção crítica ruim (33% de aprovação no Rotten Tomatoes), o terror da New Line Cinema ficou acima das expectativas e conseguiu uma bilheteria de estreia de US$ 26,5 milhões nos Estados Unidos e um total US$ 56,5 milhões no mundo todo — superando com louvou orçamento de US$ 9 milhões. O filme teve um público bastante adulto, com 60% dos pagantes tendo mais de 25 anos e 51% sendo homens.

O segundo lugar ficou com Shazam!, que já acumula US$ 322 milhões de rendimentos ao redor do mundo, sendo que o longa a DC teve um orçamento de US$ 100 milhões — valor considerado pequeno para adaptações de quadrinhos de super-heróis.

Confira as dez maiores bilheterias da semana que foi de 19 de abril a

 


Fonte: Jovem Nerd